LABORATÓRIO DE ACÚSTICA



TABELA DE PREÇOS
  2022

SERVIÇO

PREÇO em € euros (*)
sem IVA

OBSERVAÇÕES

Avaliação de critério de incomodidade
(artº 13º pt 1b RGR - 2007)

- Ensaio simplificado

- Ensaio sit. normal 

- Ensaio integral (3 períodos*2 dias)

- Em fábricas e análise p/ ext.



- 350 (+150 por local extra)

- 500 (+250 por local extra)

- 1250 (+ 600 por local extra)

- 750


- Medição in situ em int. de tempo de 5-20 min. na situação mais desfavorável

- Duas deslocações
- Durante 3 per. refª e 2 dias
- Licenciamento industrial (análise determinística em todo o limite exterior)

Estudo acústico (p/ efeitos camarários: loteamentos, urbanizações, etc.)

500 (moradia)
1000 (lote)
2000 (peq. urbanização)
4000 (gr. urbanização)

Medição in situ LAeq (dB) e determinação de Lden, Ln  (4)
Valores a definir p/ terrenos > 5 ha ou situações complexas

Prévia certificação do cumprimento do regime jurídico sobre poluição sonora (inspecção/vistoria)

150 (sit. normal)
350 (sit. complexa)

em caso de necessidade de avaliação acústica (medições/ensaios) será devido o valor referido na "Avaliação de Incomodidade" (ou ainda outros ensaios se solicitados pela respectiva C.M.)

Tempo de reverberação
- análise por bandas de 1/1 de oit. 
- análise por bandas de 1/3 de oit. 

300 + 50 por pt.
330 + 55 por pt.

medição in situ

Isolamento sonoro (RRAE)
- ruídos aéreos DnT,w
- "  "     em fachadas D2m,nT,w
- ruídos de percussão L'nT,w


500 (+ 200 por elem. extra) 
500 (+ 200 por elem. extra) 
500 (+ 200 por piso extra) 

medição in situ entre 2 espaços 
(1 ou 2)

Isolamento sonoro
- ruídos aéreos Rw
- ruídos de percussão Ln,w 
- eficácia a ruídos perc. (rev. piso)
- "step noise"


750
650
700
600 (400 se em c.jto com eficácia)

em câmara reverberante (3)

Ruído de equipamentos de edifícios LAr,nT (RRAE)

300

medição in situ

Inteligibilidade da palavra em salas (RASTI)

400 + 10*pt

pt (nº de pontos) (cerca de 1 pt por cada 15 a 20 lug.)

Perda por inserção
(atenuadores sonoros)

600 (+ 350 por aten. extra)

em câmara reverberante (3)
a execução do sistema de apoio e da parede divisória envolvente fica a cargo do cliente

Caracterização acústica de grandes salas (reflect., L, C80, TS, D50)

750 + 85 por pt.

medição in situ

Campo sonoro: (1) 
- Método simplif., denso
_________________________
- Método simplif., geral 
- Método exaustivo, denso 
- Método exaustivo, geral 


600     (+25 por pt. extra) 
650     (+50 por pt. extra) 

500     (+100 por pt.ha extra) 
1800/ha (+75 por pt. extra) 
1500      (+300 por pt.ha extra)

- sit. de referência
- ruído particular e dif. D
(20 pts, no per. de tempo + caract. da emissão son.)
- 1 pt/ha no per. de tempo mais caract. da emissão son. 
 - +/- 20 pts./ha no per. de ref. caract. (total) 
- 1 pt./ha no per. de ref. caract. (total)

Campo sonoro (c/ técnicas de intensidade sonora): 
- Método simplif., denso 
- Método simplif., geral 

 2500 (+ 100 por pt. extra) 
 1500 (+ 150 por pt. extra) 

- 20 pts/ha no per. de tempo + caract. da emissão son. 
- 1 pt/ha no per. de tempo + caract. da emissão son.

Simulação in situ de fontes sonoras

 130 (por períodos de até 2 h)

Com utilização de meios electroacústicos

Padrão de incomodidade: NC, NR, NCB ou RC

  300 (+ 70 por local extra)

medição in situ

Coeficiente de absorção sonora, alfa
(em lab.)

  330
  500

- Ensaio em lab. c/ uso de tubo de ondas estacionárias (Kundt) - peq. amostra (D=10 cm)
- Ensaio em câmara reverberante, NP EN ISO 354 (100-5k Hz) - grande amostra (10 a 12 m2) (3)

Coeficiente de difusão sonora 
(em lab.)
"Random-incidence scattering coefficient"

 600
(500 se em c.jto com coef. abs.)

Ensaio em câmara reverberante, ISO 17497-1 (3)

Potência sonora in situ:
- equipamentos pequenos 
- equipamentos grandes


 600 (+ 125 por máq. extra) 
 700 (+ 175 por máq. extra)


- Vol. envolvente menor que 1 m3
- Vol. envolvente maior que 1 m3

Potência sonora em laboratório

 580

Ensaio em câmara reverberante (3)

Determinação de nível sonoro emitido por veículo: 
- motociclo 
- automóvel ligeiro ou  pesado 
- sinalizadores sonoros p/ veículos

 
 130 
 300
 500

 

Sinalizadores sonoros contra intrusão em edificios

 620

 

Caracterização in situ de fontes sonoras por freq. 
- análise global em dB(A) 
- análise por bandas de 1/1   oit. 
- análise por bandas de 1/3   oit. 
- análise por bandas de 1/12 oit. 
- análise por bandas de 1/24 oit.

 200 (+ 20 por fonte extra) 
 300 (+ 30 por fonte extra) 
 400 (+ 40 por fonte extra) 
 500 (+ 50 por fonte extra)
 600 (+ 60 por fonte extra)

análise espectral ou em dB(A)

Caracterização em laboratório de fontes sonoras por frequência

 75% dos valores in situ

análise espectral
Ensaio em câmara reverberante (3)

Protecção dos trabalhadores
(DL182/06): 
- sem execução de fichas individuais por trabalhador 
- com execução de fichas individuais por trabalhador 


 200 + 0,8*NT +20*NRA 

 200 +  3,2*NT + 20*NRA 

NT    - nº total de trabalhadores 

NRA - nº de regimes acústicos existentes ( = postos trabalho) 
(p/ empresas c/ NT >300 trab. será analisado caso a caso) 

Dimensionamento de protectores de ouvido (DL182/06) 

 125 + 15*PT

PT - Posto de trabalho

Caracterização de transmissão sonora de elementos construtivos com técnicas de intensidade sonora

 600 (+ 150 por elem. extra)

Medição in situ

Peritagem técnica  (5)
- participação em reunião/ensaio 
- vistoria c/ emissão de parecer, em sit. corrente 
- idem, em sit. complexa


 350 (cada período de até 3 h) 
 750 

a analisar cf. caso

 

Planos Municipais de Redução de Ruídio
a analisar cf. caso
Regulamento Municipal de Ruído
a analisar cf. caso

(*) NOTAS:

Os preços acima referidos são para ensaios em período laboral diurno, das 9 às 20 h;
Para ensaios (total ou parcialmente) das 20 h às 24 h ou das 07 h às 09 h (nocturnos) ou durante fins de semana e feriados (diurnos) acresce 25% aos valores indicados;
Para ensaios (total ou parcialmente) das 00 h às 07 h (nocturnos extremo) ou fins de semana nocturnos acresce 65% aos valores indicados.

Aos preços indicados acresce 0,80 € por km percorrido se o ensaio se efectuar fora do concelho do Porto (este valor refere-se à deslocação e ao acréscimo de tempo dispendido pelo técnico no trajecto de ida e volta); A este valor acresce o valor de eventuais portagens.

Se houver necessidade de pernoitar fora do Porto acrescem 180 € por noite de ajudas de custo;

As deslocações para fora do território continental ou para o estrangeiro serão alvo de orçamento individualizado.

Traduções para inglês de relatórios (integrais) implicam uma sobretaxa de 20 €/página.
Segundas-vias de relatórios (integrais em pdf) 4 €/página
Segundas-vias de relatórios (integrais em papel) 10 €/página.

Os pagamentos são devidos contra a entrega do respectivo relatório nas n/ instalações ou enviado por CTT após regularização do débito. Quando o valor total for inferior a 500 € será devido pagamento adiantado.

Para valores superiores a 500 € poderá ser pedido um pagamento adiantado de 50%.

A adjudicação de novas propostas do mesmo cliente obriga à completa regularização de eventuais dívidas anteriores ou ao pagamento antecipado do novo trabalho solicitado.

Se numa deslocação o respectivo ensaio não se puder efectuar por não colaboração activa ou passiva de qualquer dos intervenientes locais, serão cobrados 50% do valor total e emitido relatório de tentativa frustada de medição.

As n/ propostas só são válidas após o envio de documento escrito e que tem a validade de 30 (trinta) dias excepto se outro prazo for expressamente referido.

A adjudicação obriga a envio pelo cliente de um documento escrito nesse sentido, assinado e carimbado, sem o qual o(s) ensaio(s) não terá(ão) lugar.
 

(1) Se existir a simultaneidade (mesmo dia e local) de mais do que um ensaio deste tipo haverá uma redução de 10% no preço total final.

(2) Ensaios subsequentes de DnT,w ou L'nT,w ao(s) mesmo(s) elemento(s) separador(es) (no mesmo local e condições após correcções) terão redução de 20% se efectuados num prazo de 1 (um) mês.

(3) ENSAIOS EM CÂMARA REVERBERANTE: Custo acima referido eventualmente acrescido do tempo de ocupação das câmaras para montagem/estabilização/desmontagem, contabilizado em dias, sendo o custo de cada dia (para além do dia de ensaio e um dia antes e um depois deste) de 200 €. Montagem/desmontagem dos provetes, limpeza das câmaras e remoção de entulho são da responsabilidade e a cargo do cliente. Eventuais danos nas instalações são a cargo do cliente (incluindo taxas de ocupação para dias perdidos) mesmo se efectuados por entidade subcontratada por este.
[Ensaios de desenvolvimento de produto (sem emissão de relatório) e integrados em protocolo ou convénio, são facturados a um valor inferior, a combinar cf. volume de trabalho, e até 50% do valor de tabela]
Aluguer das câmaras reverberantes para ensaios externos ao Laboratório de Acústica: 600 €/dia + IVA (condicionado a aprovação prévia e agendamento pelo director do laboratório).

Os trabalhos nas câmaras obrigam ao pagamento prévio de um valor de adjudicação de 50% do valor total da proposta (com um mínimo de 375 €).

(4) É da responsabilidade do cliente o fornecimento da cartografia em formato digital.

(5) Em tarefas periciais o tempo gasto em pesquisa/contactos/obtenção de documentos/respostas a questões adicionais/esclarecimentos às partes, orçam em 70 €/h +IVA.

 



Estas condições podem ser alteradas sem aviso prévio

última alteração: 01.01.2022



homeRegressar à página do Laboratório de Acústica