REFERÊNCIA INTERNACIONAL

A FEUP tem vindo a se afirmar como uma verdadeira referência internacional em engenharia. Para tal muito têm contribuído as fortes relações de cooperação que mantém com empresas e instituições de ensino superior de prestígio na Europa e no resto do mundo. Nos Estados Unidos da América tem uma cooperação privilegiada com o Massachusetts Institute of Technology (MIT), a Carnegie Mellon University (CMU) e a University of Texas at Austin (UTAustin), com os quais têm sido promovidos não só doutoramentos conjuntos mas também parcerias em projetos de investigação e transferência de tecnologia.

A FEUP tem vindo a alargar a sua base de cooperação, participando nas principais redes internacionais e associações de Engenharia, como é o caso do CESAER (Conference of European Schools for Advanced Engineering Education) ou da Rede MAGALHÃES.

O reconhecimento da qualidade da FEUP é também visível nos mais conceituados rankings internacionais de Engenharia, o que, associado à excelente formação integral dos seus estudantes, lhes tem proporcionado posições de destaque nos mercados de trabalho nacional e global.

img_rankings

Também a U.Porto como um todo tem tido uma excelente performance nos rankings internacionais, que comparam a performance das melhores instituições de ensino superior na Europa e no mundo, tendo em conta indicadores como os resultados na pesquisa, a colaboração internacional e a reputação académica a nível regional e global.

 

Marca de qualidade EUR-ACE®

A FEUP orgulha-se em ser a primeira instituição portuguesa com todos os cursos de Engenharia reconhecidos pela ENAEE (European Network for Accreditation of Engineering Education) através da atribuição da Marca de Qualidade EUR-ACE®. São eles os cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia Civil, Engenharia Química, Engenharia Informática e Computação, Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, Engenharia Industrial e Gestão, Engenharia do Ambiente, Engenharia Metalúrgica e de Materiais, Bioengenharia e Engenharia de Minas e Geo-Ambiente. Esta qualificação coloca a FEUP num patamar inédito ao nível do ensino superior em Portugal, dando uma maior dimensão europeia aos diplomas da FEUP, o que deverá potenciar uma maior aceitação de engenheiros da FEUP por toda a Europa.

O sistema de acreditação EUR-ACE® é baseado num conjunto de requisitos que distinguem os cursos de Engenharia de alta qualidade na Europa e no resto do mundo. Para além dos requisitos educacionais, este sistema incorpora ainda as opiniões e perspetivas das principais partes interessadas no processo: estudantes, empregadores, instituições de ensino e associações de profissionais ou agências de acreditação.

O elevado reconhecimento internacional do EUR-ACE® é um elemento facilitador da mobilidade académica e profissional. Entre os benefícios para os estudantes e profissionais de engenharia destacam-se:

  • a garantia de que o curso acreditado cumpre os padrões Europeus e internacionais e é reconhecido pelos empregadores na Europa;
  • a simplificação da candidatura a outros programas de mestrado ou doutoramento acreditados pelo sistema;
  • a garantia de que o curso vai de encontro aos requisitos educacionais para o acesso ao registo junto das associações que regulam a profissão (em Portugal, a Ordem dos Engenheiros);
  • a promoção da mobilidade profissional de acordo com a diretiva comunitária relativa ao reconhecimento das qualificações profissionais (Diretiva 2005/36/EC);
  • o processo de obtenção do cartão de profissional de engenharia “ENGINEERing CARD“, promovido pela FEANI (European Federation of National Engineering Associations);
  • o acesso simplificado ao título de profissional de engenharia Europeu “EUR ING Title” atribuído pela a FEANI, por via do membro nacional (Ordem dos Engenheiros, em Portugal).

Em Portugal, a entidade emissora deste selo de qualidade europeu às instituições académicas é a Ordem dos Engenheiros, devidamente credenciada pela ENAEE.

A Marca de Qualidade EUR-ACE® representa, assim, o início de um novo ciclo de acreditação a nível Europeu, visando a mútua acreditação de cursos de Engenharia com critérios de reconhecida exigência.