CANDIDATURAS CURSOS DE GRADUAÇÃO

Prazos para ingresso no ano letivo 2018/2019:

1ª fase 2ª fase
1 de dezembro 2017 a 1 de janeiro 2018: apresentação de pré-candidaturas* 3 de fevereiro a 30 de abril 2018: apresentação de candidaturas
2 de janeiro a 2 de fevereiro 2018: apresentação de candidaturas 15 de maio 2018: afixação de resultados provisórios
21 de fevereiro 2018: afixação de resultados provisórios 5 de junho 2018: afixação de resultados definitivos
14 de março 2018: afixação de resultados definitivos 12 a 22 de junho 2018: realização de matrículas (online)
21 de março a 03 de abril 2018: realização de matrículas (online)

*Após o dia 1 de janeiro todas as pré-candidaturas são automaticamente convertidas em candidaturas.

Pode efetuar a sua candidatura se:

  • Tem nacionalidade brasileira e não tem uma dupla nacionalidade portuguesa ou de outro país europeu;
  • Tem um diploma do ensino médio brasileiro e fez o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2014 ou anos seguintes;
  • À data de 31 de agosto de 2018 não reside legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta;
  • Não possui o Estatuto de Igualdade de Direitos e Deveres previsto no Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta entre a República Portuguesa e a República Federativa do Brasil.

Pode também submeter a sua pré-candidatura se está ou já esteve matriculado e inscrito em um estabelecimento de ensino superior no Brasil ou outro país estrangeiro, em curso definido como superior pela legislação do país em causa; neste caso, terá posteriormente a possibilidade de solicitar equivalência às disciplinas já cursadas.

Note que só são admitidos candidatos com classificações em cada prova iguais ou superiores a 475 e com uma classificação de seriação igual ou superior a 650. As ponderações para o cálculo da classificação de seriação são as seguintes: 45% para Matemática, 40% para Ciências da Natureza, 5% para Ciências Humanas, 5% para Linguagens e Códigos e 5% para Redação.

Submissão de candidaturas

Os estudantes brasileiros poderão submeter as suas candidaturas através do formulário simplificado para detentores de classificações ENEM, disponível abaixo. A candidatura só será processada após o pagamento da taxa de candidatura no valor de €100, através do sistema PayPal ou de transferência bancária.

Guia dos documentos a submeter no formulário de candidatura:

  • Documento de identificação (Obrigatório)
    Carteira de identidade ou passaporte
  • Documento comprovativo das provas específicas (ou exames nacionais equivalentes) autenticado pelos serviços oficiais de educação do respetivo país (Obrigatório)
    Documento com as classificações ENEM (pode ser um print da tela). Para os brasileiros, este documento não necessita ser autenticado, uma vez que a verificação das classificações é feita diretamente junto do INEP.
    Para tornar o processo de análise da sua candidatura mais célere aconselhamos, contudo, a que forneça o seu login e senha de acesso, contendo o URL/Link para a página, Nome de utilizador e Senha – poderá fazê-lo no campo “Informações adicionais relevantes para candidatura”, disponível no formulário.
  • Diploma ou certificado emitido por uma autoridade competente que ateste a aprovação num programa de ensino de nível secundário (Obrigatório)
    Diploma de conclusão do ensino médio. O documento pode ser submetido não autenticado na fase de candidatura, no entanto, na matrícula deverá ser apresentado o diploma ou certificado de conclusão do ensino médio autenticado pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal no Brasil ou com Apostilha de Haia.
  • Declaração emitida pelos serviços oficiais de educação do país de origem atestando que a habilitação secundária de que são titulares, obtida nesse país, é suficiente para aí ingressar no ensino superior oficial em cursos congéneres daqueles a que se pretendem candidatar. Em alternativa, certificado de equivalência ao ensino secundário português emitido por uma entidade nacional competente (Obrigatório)
    Estão dispensados de apresentação desta declaração os titulares do ensino médio ou 2.º grau do Brasil que tenham realizado o Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM). Poderá, pois, neste campo, submeter novamente o documento com as classificações ENEM.
  • Documento comprovativo do conhecimento da língua em que o ciclo de estudos é ministrado – para o MIEC Português ou Inglês; para os restantes ciclos de estudos Português (documento emitido por entidade competente ou declaração de compromisso de honra emitida pelo candidato) (Obrigatório)
    Estão dispensados de apresentação desta declaração os titulares do ensino médio ou 2.º grau do Brasil que tenham realizado o Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) e se candidatem a um curso ministrado em língua portuguesa. Poderá, pois, neste campo, submeter novamente o documento com as classificações ENEM.
  • Declaração de que se encontra abrangido pelo estatuto de Estudante Internacional – Decreto-Lei n.º 36/2014 de 10 de março (Obrigatório)
  • Declaração de candidatura ao Programa de Incentivos para Estudantes Internacionais da Universidade do Porto (Opcional)
  • Carta de motivação (Obrigatório)
    Não existe um modelo pré-definido.
  • Carta(s) de recomendação (Opcional)
    Não existe um modelo pré-definido.
  • Fotografia (Opcional)

Todas as informações relativas ao concurso especial estudante internacional 2018/2019 encontram-se disponíveis nesta página.

Candidatura

(Após clicar no botão “Candidatura” e ler todas as informações relativas ao Concurso Especial Estudante Internacional, selecione o menu “Concursos de Ingresso”, do lado direito da página, para aceder ao formulário do curso pretendido.)